Microbioma e Glúten

Editor(s):
R. Shamir, H. Szajewska

Disbiose intestinal e um sinal característico de diversos distúrbios imunológicos, inclusive de doença celíaca.

O aumento dos níveis de patobiontes pode ativar as vias pro-inflamatórias que acionam a ruptura da tolerância ao glúten e promovem o aparecimento da doença. Isso, por sua vez, leva a comunidade microbiana intestinal a um estado de disbiose, o que resulta em um círculo vicioso que perturba o equilíbrio homeostático da microbiota hospedeira.

Os genes que predispõem a doença celiaca modulam o processo de colonização intestinal do lactente, e esse fato destaca a importância do microbioma intestinal na inclinação da balança para a saúde ou a doença.

 

Autora: Yolanda Sanz - Unidade de Pesquisa em Ecologia Microbiana, Nutrição e Saúde, Instituto de Agroquímica e Tecnologia de Alimentos, Conselho Superior de Pesquisas Científicas (IATA-CSIC), Valência, Espanha