Vídeos sobre Nutrição

Palestras gravadas em conferências e workshops globais sobre nutrição, nos quais especialistas abordam uma ampla variedade de tópicos relevantes.

As palestras e o acesso online são gratuitos para membros do NNI e incluem todos os assuntos sobre nutrição mais discutidos atualmente.

Confira neste vídeo com a Dra Virgínia Weffort – Médica pediatra, Nutróloga e Presidente do departamento científico de Nutrologia da Sociedade Brasileira de Pediatria – Informações científicas relevantes sobre a importância das Fórmulas Infantis de Primeira Infância para a nutrição das crianças de 1 a 3 anos, período de grande crescimento e desenvolvimento e fase em que a seletividade alimentar pode ser bastante comum.

Estratégias no cuidado neonatal para promover crescimento e desenvolvimento otimizado: Foco no baixo peso ao nascer.
Neste vídeo, Neena Modi, Professora de Medicina Neonatal do Imperial College London, discute a composição corporal como um biomarcador de risco metabólico em bebês prematuros.
A pesquisa sugere que os adultos jovens nascidos prematuros têm maior risco de complicações cardiometabólicas do que os adultos a termo. Homens prematuros mostraram ter mais tecido adiposo abdominal, mais conteúdo de lipídios hepáticos e aumento significativo da pressão arterial. Outras pesquisas sugerem que adultos nascidos prematuros têm maior probabilidade de ter doença cardíaca isquêmica, diabetes, síndrome metabólica e redução da expectativa de vida. Os fatores que influenciam a adiposidade infantil incluem sexo, etnia, idade gestacional de nascimento, aleitamento materno ou fórmula, ingestão de proteínas, adiposidade materna e diabetes gestacional. Bebês prematuros, quando atingiram a idade de termo, pareciam muito magros, mas na verdade tinham mais tecido adiposo abdominal interno e gordura no fígado.

A nutrição e a manutenção da saúde intestinal são aspectos desafiadores importantes para apoiar o crescimento saudável de bebês prematuros. Acredita-se hoje que um microbioma intestinal saudável em bebês prematuros pode ser um dos múltiplos fatores que ajudam não apenas a reduzir o risco de NEC e sepse, mas também a melhorar a tolerância à alimentação. Os tipos de alimentação podem impactar de forma diferente o microbioma intestinal, com o leite humano desempenhando papel essencial. Confira o Dr. Nicholas Embleton respondendo perguntas sobre o assunto.

O apoio dos profissionais de saúde aos pais é de grande importância nos cuidados com alimentação infantil e, consequentemente, na nutrição. Para exemplificar como a falta de um profissional é prejudicial, o Prof. Dr. Rubens Feferbaum apresenta exemplos de hábitos não recomendados que contribuem para um mau desenvolvimento infantil. Assista ao vídeo completo de como o pediatria pode contribuir com a parentalidade.